Portal de Conferências, XIX ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO (XIX ENANCIB)

Tamanho da fonte: 
UMA ANÁLISE QUALITATIVA DOS REPOSITÓRIOS DIGITAIS ARQUIVÍSTICOS CONFIÁVEIS (RDC-Arq)
Camila Schwinden Lehmkuhl, Douglas Dyllon Jeronimo de Macedo, Eva Cristina Leite da Silva

Última alteração: 2018-10-24

Resumo


A Arquivologia assiste, nas últimas décadas, remodelações relacionadas ao seu objeto de estudo e aos diversos formatos criados para a concepção dos arquivos, desde tábuas de argila até os documentos digitais. Essa alteração de suporte faz com que a Arquivologia se inove e/ou renove a cada dia. Surgem novos formatos, novos sistemas digitais e, consequentemente, tecnologias aliadas aos objetivos principais dos arquivos, dar acesso, tendo em vista a preservação do documento. Nesse sentido, foi desenvolvido, o repositório digital (com foco maior na biblioteconomia) para armazenar principalmente produções digitais. Com o decorrer dos anos, os repositórios digitais passam a ser utilizados para diferentes finalidades, como arquivos e museus, de forma alargada a cada ano que passa. Tendo em vista a preocupação com a preservação em longo prazo de arquivos digitais inseridos em repositórios digitais, o CONARQ publicou a resolução nº 39/2014, revogada pela resolução nº 43/2015, que estabelece diretrizes para a implementação de repositórios arquivísticos digitais confiáveis (RDC-Arq). Nesse sentido, essa pesquisa tem como objetivo geral: identificar dentre os repositórios digitais mais utilizados no Brasil os que atendam as diretrizes de RDC-Arq de acordo com o CONARQ. Enquanto que os específicos estão baseados em: apresentar os repositórios digitais selecionados; analisar os repositórios digitais quanto ao atendimento das diretrizes e documentos de referência estabelecidos na Resolução; e definir os repositórios que atendam as diretrizes. Quanto à metodologia, é de abordagem qualitativa, utilizando pesquisa bibliográfica e documental e forma de análise comparativa. Como resultado foi possível identificar que apenas um dos repositórios analisados está de acordo com a normativa. Dentre as considerações finais, a finalidade para a qual está sendo utilizado o repositório determinará o tipo de repositório a ser adotado. Chama-se atenção a necessidade dos gestores estarem conscientes de que a preservação digital é assunto sério que deve ser levado em consideração antes da adoção de um repositório digital para uma instituição.

Palavras-chave


Arquivologia; Repositório Digital; Confiável.

Texto completo: PDF